Raízen é fornecedora oficial de certificados de energia renovável do 8º Fórum Mundial da Água

Brasília, 22 de março de 2018 – Uma das empresas de energia mais competitivas do mundo, a Raízen será a fornecedora oficial de certificados de energia renovável do 8º Fórum Mundial da Água. O evento acontece entre os dias 18 e 23 de março no Centro de Convenção Ulysses Guimarães, em Brasília, e deve utilizar 432 mil kWh de energia, que serão compensados em quantidade equivalente por meio de RECs (Certificados de Energia Renovável) gerados em uma de suas unidades produtoras de etanol, açúcar e bioeletricidade.

Além da geração de certificados para toda a energia elétrica utilizada durante os mais de 200 debates e sessões que acontecerão no Centro de Convenção, a Raízen ainda disponibilizará aos participantes do evento cinco totens de carregadores de energia para celulares.

“Energia renovável é a energia do futuro e para a Raízen potencializar seus negócios, garantindo perenidade e competitividade, significa integrar aspectos sociais e ambientais. A preocupação com o uso eficiente de insumos e recursos naturais é um pilar fundamental das nossas atividades.”, explica Marina Carlini, Gerente de Desenvolvimento Sustentável da Raízen. Marina ressalta ainda que a parceria com o 8º Fórum é um momento muito especial para a empresa: “estamos honrados em fazer parte deste evento mundial que tem um propósito tão importante de conservação da água, englobando todas as vertentes necessárias para promover e conscientizar a sociedade sobre o assunto. Essa parceria não apenas reforça o nosso compromisso com a sustentabilidade como também demonstra a capacidade da Raízen em contribuir para uma matriz energética brasileira mais limpa e renovável.

O diretor executivo do 8º Fórum e governador do Conselho Mundial da Água Ricardo Andrade explica que o evento é uma oportunidade única de mostrar ao mundo o que o Brasil tem feito em relação ao tema. “O assunto central do evento, ‘Compartilhando Águas’, significa trocar experiências entre países, boas práticas e soluções adequadas. Pretendemos mostrar como nosso país faz gestão de recursos hídricos e como podemos fornecer alternativas capazes de garantir a segurança hídrica em outras regiões”, afirma.

A Raízen utiliza o bagaço, proveniente do processo de moagem da cana (biomassa) para produção de açúcar e etanol, como fonte renovável na geração de energia elétrica. O volume gerado, além de suprir a demanda por energia nas unidades produtivas da empresa, tornando a produção autossuficiente, ainda é capaz de abastecer uma cidade de 5 milhões de habitantes. A geração de energia a partir da biomassa representa uma importante alternativa para o setor energético do Brasil, pois complementa a produção hidrelétrica do país. Essa é uma solução mais limpa e renovável que ajudará o Brasil a enfrentar os desafios do futuro no setor energético, garantindo a rentabilidade e a sustentabilidade.

No Brasil, a geração de energia renovável é contabilizada e certificada por meio da emissão de RECs (Certificado de Energia Renovável), utilizando a plataforma do I-REC (International REC Standard), o que garante que os certificados emitidos no Brasil seguem os mesmos padrões de outras regiões do mundo. Para ser autorizada a emitir RECs, a empresa deve aderir ao Código I-REC e passar por uma auditoria realizada pelo emissor local e, então, ser incluída na plataforma.

Cada  REC equivale a mil kWh de energia renovável gerada e a previsão de utilização de energia durante o evento é de 432 mil kWh. Com isso, a Raízen, como parceira, irá emitir e fornecer a mesma quantidade em RECs, referente à quantidade de energia limpa que gerou em sua unidade produtora. Dessa forma, todo o consumo realizado durante o 8º Fórum Mundial da Água será compensado com a geração de energia limpa que entrou diretamente na rede nacional de abastecimento.

Sobre a Raízen

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis.

A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, produz 4,2 milhões de toneladas de açúcar anualmente e 4,7 milhões de toneladas são comercializadas. A companhia também tem 940 MW de capacidade instalada de produção de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar e a empresa comercializa anualmente 2.8 TWh de energia elétrica.

A Raízen também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select.

Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do Estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

 

 

Raízen nas redes sociais

X

Exportações Fraudulentas de Açúcar

A Raízen alerta seus clientes e público em geral sobre tentativa de terceiros não autorizados realizarem exportações fraudulentas de açúcar em seu nome. Reforçamos que o canal de comunicação com a empresa é o e-mail sugar.export@raizen.com e que não anunciamos açúcar no site alibaba.com.

Caso qualquer pessoa e/ou empresa faça contato por e-mail diverso informando que representa a Raízen, e/ou qualquer empresa do seu grupo econômico, para exportação de açúcar, não realize a transação e informe imediatamente para Auditoria.Interna@raizen.com.

X

Sugar Fraudulent Exports

Raízen warns your clients and the general public about the attempt by unauthorized third parties to perform sugar fraudulent exports on its behalf. We emphasize that the communication channel with company is the e-mail sugar.export@raizen.com and that we do not advertise sugar on web site alibaba.com.

If any person and/or company makes contact by other e-mail informing that he or she represents Raízen, and/or any company of Raízen’s economic group, concerning sugar exports, do not perform the transaction and immediately report to Auditoria.Interna@raizen.com.