Economia Circular

A CIRCULARIDADE FAZ PARTE DO SETOR SUCROENERGÉTICO. A RAÍZEN É DESTAQUE NESSE MODELO.

Adotamos os princípios da economia circular em nosso processo produtivo — Modelo caracterizado pela redução da geração de resíduos e a regeneração dos sistemas. Fazemos isso por meio de reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia. Tudo começa no canavial, que adota subprodutos da cana-de-açúcar incorporados na terra, potencializando as novas colheitas e fechando o ciclo.

A circularidade faz parte da natureza do setor sucroenergético. Por meio das melhores práticas, a Raízen é destaque nesse modelo.

A GESTÃO DE RESÍDUOS E A OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS NA RAÍZEN SÃO BASEADAS NA EFICIÊNCIA DE NOSSOS PROCESSOS, GARANTINDO UMA MAIOR GERAÇÃO DE VALOR E PERENIDADE DO NEGÓCIO.

O bagaço da cana é usado para geração de bioeletricidade, o que garante a autossuficiência energética nas usinas.

O bagaço também é usado para produzir o etanol de 2ª geração, o E2G, um exemplo inovador de bioeconomia e sustentabilidade aplicada.

Pellets são produzidos a partir de biomassa, com uma menor pegada de carbono que seus substitutos convencionais (carvão) além de ser 100% renovável.

Cinza, torta de filtro e vinhaça são usados como fertilizantes naturais, isto é, reduz o uso de fertilizantes sintéticos e voltam para a terra, fechando um círculo nutritivo.

A torta de filtro e a vinhaça são usadas para produzir o biogás, mais uma energia renovável.

CIRCULARIDADE NA GESTÃO HÍDRICA

Utilizando a economia circular como uma ferramenta para fazer mais com menos, trabalhamos a nossa gestão hídrica buscando maior resiliência para nosso negócio e reduzindo nosso impacto ambiental nos recursos ligados à gestão da água. Pensando nisso, assumimos uma postura protagonista e criamos o Reduza — programa de gestão hídrica da Raízen.

O REDUZA UTILIZA PRÁTICAS COMO:

  • Redução da captação de água de fontes externas, por meio do maior aproveitamento da água presente na própria cana;
  • Busca por uma menor pegada hídrica em todos os nossos produtos;
  • Investimento em tecnologia e boas práticas de reúso dentro das unidades industriais.

E É ESTRUTURADO EM 3 PILARES:

  • Reduzir o consumo de água dos processos produtivos por meio de uma busca contínua, por melhores práticas e engajamento dos times;
  • Promover os benefícios da redução da captação de água e o uso de energia;
  • Avançar sempre, focados em uma gestão sustentável.

O sucesso do programa se dá pela sua gestão avançada e envolvimento da alta liderança. Como resultados temos:

MAIOR RESILIÊNCIA

Desde a criação do ReduZa, diminuímos nossa dependência e geramos uma economia de água não captada de 27 bilhões de litros, considerando o gasto anterior à criação do programa.

MAIS SUSTENTABILIDADE

Para nossos parceiros Raízen, isso significa comprar produtos que, comprovadamente, têm menor pegada hídrica.

reconhecimento

reconhecimento

O programa venceu a categoria “Ground Breaking Innovations” da 8ª edição do Bonsucro Inspire Awards 2019 – renomada premiação de políticas sustentáveis.