Sustentabilidade Ambiental

Cana-de-açúcar: tudo sobre sua importância e versatilidade

A cana pode estar mais presente no seu cotidiano do que você imagina. Vem saber mais sobre ela!

Por: Times de Sustentabilidade e Comunicação Corporativa da Raízen Data: 07/12/2021 Tempo de leitura: 21 Minutos

Quando se pensa em cana-de-açúcar, muita gente lembra da famosa dupla de caldo de cana com pastel de feira.

Mas a verdade é que essa planta está presente no dia a dia das pessoas de várias formas diferentes e pode até ser uma fonte de energias renováveis. Quer saber como?

Prepare-se para um tour sobre a cana-de-açúcar, sua origem, produção no Brasil e muito mais.

O que é cana-de-açúcar?

A cana-de-açúcar é uma planta fina, fibrosa, de formato cilíndrico e folhas longas. Ela pode chegar a até seis metros de altura e é da mesma família que o arroz, o milho, a cevada e outras gramíneas.

Seu caule é rico em sacarose e é exatamente por isso que a cana é a principal matéria-prima do açúcar, um alimento indispensável para o ser humano. Outro produto derivado da cana-de-açúcar é o álcool, essencial para a economia mundial.

A cana tem origem na Oceania, mais precisamente onde hoje é a ilha de Nova Guiné, ao norte da Austrália.

Ela se dá muito bem em locais de clima tropical e subtropical, como o Brasil, onde é largamente cultivada.

Como surgiu a produção de cana-de-açúcar no Brasil?

A cultura da cana-de-açúcar é datada da Antiguidade, mas se espalhou pelo mundo com a migração humana e chegou ao Brasil por volta de 1520, pouco depois dos portugueses.

Ou seja, nosso país conheceu a cana ainda no século XVI e desde então a incorporou como um de seus cultivos mais antigos e importantes.

Hoje, o Brasil lidera o ranking mundial na produção de cana-de-açúcar e ocupamos também o primeiro lugar na exportação de etanol, derivado da cana.


Que produtos podem ser gerados do colmo (caule) da cana-de-açúcar?

Como já comentamos, os principais produtos feitos a partir da cana-de-açúcar são o açúcar e o álcool.

Contudo, esses dois insumos podem ser utilizados em uma série de outros bens de consumo, o que confere à cana-de-açúcar um enorme potencial produtivo.

Por exemplo, você sabia que o álcool que vem da cana é utilizado em perfumes? O açúcar, por sua vez, é matéria-prima para a produção de xaropes, contribuindo com a indústria farmacêutica.

Confira outros usos da cana-de-açúcar que merecem destaque:

Alimentação

O açúcar que vem da cana é utilizado na indústria alimentícia de incontáveis maneiras. Afinal, grande parte dos produtos que consumimos tem esse alimento na composição.

A Raízen participa desse mercado na produção de açúcar líquido, refinado, cristal, demerara orgânico etc, que são ingredientes em doces e cereais.

As bebidas também fazem parte do pacote: sucos, refrigerantes, energéticos e bebidas alcóolicas contam com nosso açúcar.

Biocombustíveis

A cana-de-açúcar é matéria-prima para o etanol, álcool também utilizado na indústria alimentícia e em outras, como a química.

Mas a principal vantagem do etanol (E1G) é servir de biocombustível para automóveis. Quando produzido por meio da cana-de-açúcar, ele emite 80% a menos de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera do que a gasolina comum.

E não para por aí: é possível aproveitar o bagaço da produção do etanol comum (E1G) e fazer etanol de segunda geração (E2G), o que reduz a emissão de gases de efeito estufa em 30% em comparação com o E1G.

Esse reaproveitamento de subproduto permite à Raízen um aumento de até 50% na produção, utilizando uma mesma área plantada de cana-de-açúcar. Isso contribui para a redução da nossa pegada de carbono e, assim, ajudamos a limpar a matriz energética brasileira.

Ainda utilizando subprodutos da cana (a vinhaça e a torta de filtro), fabricamos biogás, que, além de servir como combustível, é fonte de energia elétrica.




Como acontece o tratamento de cana?

O processo de tratamento de cana é relativamente simples. O que difere uma produção de outra são fatores como a qualidade dos equipamentos e os níveis gerenciais, por exemplo.

No caso da Raízen, um dos maiores diferenciais está no reaproveitamento dos subprodutos da cana, formando assim, uma cadeia de produção baseada na economia circular.

Leia também: O que é a economia circular, suas características e benefícios

O tratamento de cana-de-açúcar consiste em:


Resumindo, basta moer a cana para extrair o açúcar em estado líquido, o famoso caldo de cana. Quando o caldo é fervido, o excesso de água evapora e ele se transforma em açúcar. Mas, se for fermentado, vira álcool.

Essa fermentação é o uso de micro-organismos (leveduras) para quebrar as moléculas do caldo e ajudar na fabricação do álcool.

Qual é a importância da cana-de-açúcar?

Até aqui, já deu para perceber o quanto a cana-de-açúcar ajuda a economia a girar, certo?

É por isso que ela é tão importante: está presente nos alimentos, nos combustíveis, na eletricidade... em diversos aspectos que tornam nosso cotidiano possível e moderno como é hoje.

A cana-de-açúcar é uma cultura presente em mais de 100 países ao redor do mundo. Somente no Brasil, ela movimenta mais de R$ 100 bilhões por ano.

Isso significa que há muita tecnologia, geração de empregos e desenvolvimento econômico, social e sustentável para o país.

Quais são os benefícios da cana-de-açúcar?

A cana-de-açúcar é um produto extremamente versátil e grande protagonista no setor sucroenergético.

Além de servir de matéria-prima para diversos setores, ela é um meio de a Raízen praticar a sustentabilidade em grande escala.

Isso porque, com a cana, produzimos a biomassa e geramos bioenergia, trazendo uma grande solução em termos de energia renovável, o que já é vantajoso por si só.

Assim, somos mediadores de impactos positivos na economia mundial e brasileira, a níveis individuais e coletivos. E quem diria que toda essa transformação começa com uma planta, hein?

Como ocorre a produção de cana-de-açúcar no Brasil?

Que o Brasil é o maior produtor mundial de cana, você já sabe. Mas tem mais: o setor de cana, sozinho, é responsável por 2% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

A safra de 2019/2020, por exemplo, registrou a marca de 590,36 milhões de toneladas de material processado, de acordo com a União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (UNICA).

O Brasil possui mais de 400 usinas de cana-de-açúcar, a maioria no estado de São Paulo, seguido por Minas Gerais. Goiás ocupa o terceiro lugar.


Quais são as maiores empresas produtoras de cana-de-açúcar no Brasil?

Já que o Brasil é um grande líder na produção de cana, que tal falar de quem é líder dentro do próprio país?

Agora, você pode saber mais sobre os negócios que mais se destacam dentro do cultivo, processamento e comercialização de produtos da cana-de-açúcar.

Raízen

Somos a maior exportadora individual de açúcar do mercado internacional, levando energia para pessoas do mundo todo. Além do açúcar, a cana é nossa fonte principal para a produção de etanol e biomassa.

Assim, nos consolidamos como a maior produtora de derivados da cana-de-açúcar e referência global em energias renováveis a partir do bagaço da cana.

Buscamos sempre aprimorar nossos processos para contribuir com uma matriz energética mais limpa e renovável. Dentre eles, estão:

Oferta Integrada de Valor para produtores de cana
  • Programa ELO
    O Programa ELO é uma iniciativa da Raízen e foi desenvolvido em 2014 para orientar a atuação dos fornecedores de cana nos diversos aspectos que envolvem o tema, como:
    - melhoria contínua dos fornecedores de cana da Raízen
    - garantia do suprimento de cana sustentável
    - acompanhamento de tendência de mercado
    - redução do risco e sustentabilidade econômica, ambiental e social

    O ELO surgiu com o intuito de somar expertise, por isso, a Raízen se juntou com a Solidaridad, organização especializada no desenvolvimento de cadeias de produção sustentáveis, e o Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola) para construir um programa capaz de contribuir com o desenvolvimento sustentável dos fornecedores de cana.
  • Programa Cultivar
    O Programa Cultivar reúne um grupo de cerca de 320 fornecedores, o que representa cerca de 80% do volume de cana adquirida pela Raízen e traz inúmeros benefícios a esses fornecedores, por meio de produtos e serviços que buscam levar mais tecnologia, inovação e novos manejos ambientalmente mais sustentáveis para o aumento da produtividade no canavial dos produtores parceiros do programa.
    Soluções que possibilitam uma melhor gestão e governança dos negócios, também são disponibilizadas pela plataforma de valor, possibilitando a otimização de recursos financeiros e redução nos custos de produção.

    Para se ter uma ideia, desde que foi lançada, a ferramenta de crédito rural, criada para aumentar os investimentos e viabilizar os tratos nos canaviais de fornecedores de cana, movimentou mais de 500 milhões de reais em operações de crédito de custeio e investimento.

    Compartilhar conhecimento também é uma das prioridades do programa, que promove eventos técnicos, entre outras iniciativas com o objetivo de levar mais capacitação aos produtores e sucessores dos negócios, garantindo o crescimento sustentável e continuidade dos negócios.



Certificação Bonsucro

A Bonsucro é uma organização global com múltiplas partes interessadas, sem fins lucrativos, que existe para promover a produção, o processamento e a comercialização sustentável da cana-de-açúcar em todo o mundo.

Ela apoia uma comunidade de mais de 270 membros em mais de 50 países, de todos os elementos da cadeia de abastecimento da cana-de-açúcar, incluindo agricultores, moleiros, comerciantes, compradores e organizações de apoio.

A Raízen foi a primeira empresa do mundo a ser certificada no padrão Bonsucro e é a única a assumir o compromisso de certificar todas as nossas plantas industriais!

A companhia é participante ativa do Conselho de Administração da Bonsucro e promove a implantação do esquema em suas unidades e terminais de distribuição.

A busca por melhores práticas, o cuidado com a transparência do impacto que geramos e o compromisso com nossas compras sustentáveis, nos mobilizam a obter certificações que atestam o diferencial dos nossos processos e, ao mesmo tempo, agregam valor aos nossos negócios.


A Raízen é a maior produtora de derivados da cana-de-açúcar e referência global em energias renováveis a partir do bagaço da cana. Clique e conheça as energias renováveis que produzimos com essa matéria-prima!

Conheça a Raízen

Para garantir a energia que move o mundo, temos um ecossistema integrado e
único de atuação: desde a produção e venda de energia renovável e açúcar a partir
da cana-de-açúcar, levando também essa energia para diversos cantos no mundo.

Cadastre seu e-mail para ficar por dentro das últimas novidades.

Ao se inscrever você concorda com a política de prívacidade. E-mail cadastrado com sucesso!